ANJ e outras entidades de defesa ao jornalismo e aos direitos humanos rejeitam discurso de Bolsonaro contra imprensa

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) rejeitou com “veemência” nesta terça-feira (30) os reiterados ataques do presidente eleito Jair Bolsonaro ao jornal Folha de S.Paulo, um dos diários fundadores da entidade, criada há quase 40 anos na defesa da liberdade de expressão.