COVID-19: Editoras promovem mudanças rápidas para atender leitores

FIPP – 17/03/2020

Jéssica Patterson

Diante da quarentena imposta às pessoas em quase todo o mundo pela pandemia do novo coronavírus, as organizações que publicam revistas promoveram mudanças para atender seus leitores, reduzirem os impactos da doença COVID-19 em seus negócios preservarem a saúde de seus colaboradores. Empresas como a Condé Nast, a Hearst  e a Meredith colocaram seus fluxos de trabalho on-line, com as redações em home office, derrubaram paywalls e, ao mesmo tempo, promoveram uma série de inovações para informar e entreter o público.

Leia aqui o texto na íntegra.

 

Selecionamos outros textos para você