Continuamos a cometer erros antigos ao medir o ROI de marketing

PROXXIMA – 10/03/2020

Gilson Nunes

A pesquisa global com CMOs publicado hoje no BusinessofApps nos EUA, revela um dado preocupante: 65% das maiores marcas mundiais medem ROI Campanha/Marketing querendo ganhar apenas vendas e conversão. E pior, outras 35% apenas clicks e views.

A pressão por vendas de curto prazo é o maior driver deste comportamento. O alerta é que muitas delas não estão conectando estas ações com a construção de marcas, como melhor experiência e engajamento com o consumidor, por exemplo, gerando lealdade e, mais compra. Portanto, dificuldade de manter crescimento exponencial e rentabilidade acima da média do mercado, no médio e longo prazo.

Em suma, crescimento elevado no curto prazo, mas que não se sustenta no médio e longo prazo, dependendo do modelo de negócios de cada uma. O ROI deveria ser medido integrando as ações digitais e offline, dentro das metas de negócio no curto e longo prazo, construção de marcas e, não apenas em vendas.

Aqui o estudo da Business of Apps.

Gilson Nunes é Sócio CEO da Brand DX

Selecionamos outros textos para você