Mercado de publicidade moderniza normas do CENP

O Conselho Superior do CENP, com presença de representantes de todas as suas entidades fundadoras, aprovou em reunião realizada hoje atualizações e complementos às Normas-Padrão da Atividade Publicitária, especialmente quanto ao Anexo B, que recebeu adendo, e ao Anexo A, que trata dos Compromissos com Serviços de Informações de Mídia (Pesquisa). “Em sua essência, estas e outras iniciativas reafirmam as virtudes do Modelo Brasileiro de Publicidade”, diz Caio Barsotti, presidente do CENP.

No Anexo A, a mudança mais significativa é a adoção da receita de mídia anual para efeitos de certificação e enquadramento técnico das agências. “O Conselho Superior considerou este indicador como mais preciso para definir o elenco mínimo de recursos técnicos de serviços de informações de mídia, considerando suas dimensões, abrangência de atuação e carteira de clientes”, explica Caio. Até então, o indicador usado era a receita operacional bruta da agência, envolvendo, além da receita de mídia, aquelas referentes a outros serviços prestados aos clientes. Agências dos grupos menores seguem tendo acesso gratuito ao Banco de Informações de Mídia.

O Anexo B, por sua vez, estabelece novas faixas de investimento de mídia em veículos aderentes às Normas-Padrão e respectivos percentuais passíveis de retorno do desconto-padrão de agência em favor dos anunciantes. “As novas referências tornam mais transparente e flexível o relacionamento entre anunciantes e agências, promovendo o compliance às Normas-Padrão e leis federais”, diz Caio.

A íntegra das Normas-Padrão, já com a nova redação dos Anexos A e B, pode ser conhecida no site do CENP: https://www.cenp.com.br/

Selecionamos outros textos para você