“Não temos recursos como uma grande empresa de tecnologia”: os desafios de se fazer um produto em um editor.

Artigo original publicado no Digiday 25 julho de 2019, por Max Willens.

 

Os líderes de produtos precisam pensar em todas as facetas da operação de um editor para realizar bem seus trabalhos. Eles também precisam ajudar a resolver os problemas de quase todos os envolvidos em suas organizações.

 

Após o Encontro dos Líderes de Produto da Digiday Publishing desta semana, vários participantes expuseram os  maiores desafios em seus trabalhos. Eles receberam o anonimato em troca de franqueza. Em alguns casos, suas respostas foram condensadas.

 

Recrutamento de talentos

“Está ficando mais difícil recrutar talentos em tecnologia, produtos e design devido à concorrência com empresas de tecnologia. Como gerenciamos recursos e prioridades quando estamos fazendo tantas coisas diferentes? ”- executivo de uma editora de revista.

 

“Criando espaço para inovação. Não temos recursos como uma grande empresa de tecnologia, por isso é fácil gastar todo o seu tempo com pequenas melhorias e tecnologia de anúncios. Mas, para prosperar, você precisa inovar e encontrar tempo para esses esforços. ”- executivo de uma editora digital.

 

Estratégia para quê?

“Os maiores desafios são priorização e execução. Não nos faltam ideias – algumas melhores que outras, e todas merecedoras de algum espaço em nossas mentes. Equilibrar o trabalho necessário para manter as luzes com projetos futuros inovadores e recompensadores, e com tudo o que há entre eles, é o desafio. Mas esse é o trabalho! ”- executivo de uma empresa de mídia legada.

 

“Somos a área da empresa que a ajuda definir suas prioridades e metas, mas o caminho para a resolução dos problemas é muito acidentado entre todos os stakeholders. Nossa equipe interna de produtos é pequena: quatro projetistas e seis engenheiros, o que exige que mantenhamos um alto nível de eficiência para atender a todas as necessidades comerciais e operacionais. A capacidade de inovar é limitada ao que podemos realizar sob o radar. Somente quando tenhamos testado e comprovado algum sucesso, podemos levá-lo para então a organização para investir. ”- executivo de uma editora de revistas.

 

O anúncio incomoda

“Os anúncios  incomodam os usuários e nem sempre podemos corrigir a experiência do anúncio”. – líder de produto, editor digital.

 

Voltando para a prancheta

“Estar preparado para errar. Usamos os dados que estão disponíveis para formar hipóteses, mas os testes podem provar que nossa hipótese estava incorreta. Estar preparado para estar errado permite-nos pausar e focar em uma abordagem melhor. ”- diretor de gerenciamento de produtos, editor de revistas.

 

Mudando a mentalidade da empresa

“Apresente-se olhando para os dados, alinhando outras partes do produto e fazendo com que o presidente perceba de perfil que pessoas precisamos se quisermos obter um crescimento real. Todos os nossos clientes querem ter 10.000 visualizações de página com segmentação zero de 20.000 dólares. É muito difícil falar sobre produto, experiência do usuário ou dados. ”- chefe de negócios de um editor nativo digital.

 

Descobrir como fontes de receita diferentes se encaixam

“Criar soluções de rendimento para otimizar com eficácia todos os nossos fluxos de receita. Estamos pensando em soluções de tecnologia daqui para frente, mas, até o momento, não temos uma solução de otimização de rendimento totalmente abrangente para esses tipos de receita. ”- diretor de produto em uma editora nativa digital.

 

Para ler o original, acesse: Digiday.com

Selecionamos outros textos para você