Tecnologia: como escolher as ferramentas digitais para o seu negócio?

24 de agosto de 2021

 

O Café com Aner desta terça-feira, 24 de agosto, teve como tema “Ecossistema digital para editores. De sites a aplicativos: como integrá-los”. Marcelo Okano e Tiago Amorim, do OKN Group. falaram sobre as ferramentas digitais, tão necessárias para modernizar as empresas e alertaram sobre os problemas que podem surgir a partir de projetos executados sem planejamento e com pouco conhecimento. O debate foi conduzido pela consultora da Aner, Regina Bucco, e contou com a participação do coordenador da Comissão de Inovação Digital na Aner, Demetrios dos Santos.

Com mais de 10 anos de atuação no mercado, a OKN desenvolve soluções para alavancar resultados digitais, usando tecnologia. Formado em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da USP e com pós-graduação em Software e Gestão de Projetos, Marcelo Okano já atuou em centenas de projetos nacionais e internacionais de tecnologia, marketing e comunicação digital. Diretor-executivo do OKN Group, ele é especializado no desenvolvimento de projetos de Cloud Computing, Big Data Analytics, Inteligência Artificial e DataScience.

Já Tiago Amorim, empresário digital com mais de dezoito anos de experiência realizando projetos para clientes e agências de publicidade e comunicação, atua, no OKN Group, como responsável pela gestão das operações da empresa.

Como escolher a melhor ferramenta de trabalho?

De acordo com Okano, as ferramentas digitais funcionam como um tipo de Lego. No entanto, é preciso habilidade e experiência para montar as peças corretamente, de forma que, no futuro, não haja prejuízo.

“É difícil ter uma equipe que lide com muitas ferramentas e a OKN existe justamente para dar o apoio nesse momento. Vamos juntando as peças de acordo com a necessidade da empresa, porque cada uma aborda os problemas de forma diferente”.

Marcelo explica que a escolha depende do nível de maturidade de cada empresa para o trato com a tecnologia. Por outro lado, é importante conhecer o tipo de cliente para quem o produto será destinado no fim da linha:

“Algumas empresas já têm mais maturidade e experiência e conseguem adotar ferramentas mais complexas. É importante conhecer também o cliente final do produto e saber qual o tipo de ferramenta que ele prefere acessar. Gerações jovens preferem redes sociais. Meia idade, se sentem mais à vontade com o e-mail. Tudo isso influencia nessa escolha

Como escolher uma ferramenta de e-mail marketing?

Entre os exemplos citados como críticos entre as empresas está a escolha de uma ferramenta de e-mail marketing que seja versátil, eficiente e permita uma quantidade adaptável de envios.

“Muitas vezes o cliente faz uma assinatura inicial de um serviço, por um preço mais em conta, e acha que está economizando. Mas quando a base de e-mails cresce, ele é obrigado a fazer upgrades em pacotes que custam mais do que o necessário. Então, é preciso planejar a longo prazo”, explica.

Problema também acontece se houver opção de troca de ferramenta depois que o ecossistema já está instalado. Nessas horas é preciso pensar no custo de migração, de implantação da ferramenta, de treinamento de funcionários e adaptação de todo o sistema.

“É preciso pensar muito porque tempo e treinamento também custam dinheiro e, às vezes, não vale a pena mudar”.

Como juntar as ferramentas digitais?

 

Para juntar as ferramentas digitais e permitir que trabalhem em conjunto e complementariedade, Marcelo recomenda a plataforma de criação de sites mais conhecida do mundo, a WordPress.

“Cerca de 35% da web usa WordPress. É a melhor ferramenta em termos de custo e benefício a longo prazo. O custo de licenciamento é zero e o de implantação, baixo. Com ela é possível gastar pouco e iniciar um projeto com custo relativamente baixo, ampliando os gastos com o tempo, de acordo com as necessidades”, explica.

Outra vantagem citada por Okano é agilidade para atualização do WordPress, com uma comunidade de desenvolvedores que atua colaborativamente. Por ter a liderança no mercado, a plataforma tem muitos fornecedores de ferramentas e um ecossistema de plugins (extensões) que permitem acrescentar aos sites e ao negócio funções não previstas no início do projeto.

“Nunca encontramos situação em que ele não esteja atualizado. Não há lock in (aprisionamento do cliente em uma ferramenta específica) porque há muitos fornecedores. Além disso, há uma comunidade gigantesca que dá apoio e que ajuda a resolver problemas”, conta.

Versatilidade para agregar funções muito variadas

De acordo com Marcelo, o WordPress aceita a conexão de ferramentas para vários tipos de trabalho, incluindo administração de redes sociais e aplicativos, e-learning, e-commerce, sites e portais, entre outros.  Depois de citar as ferramentas mais adequadas a cada tipo de trabalho, incluindo aí uma para ajudar no controle de cookies por conta da nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) ele destacou o aspecto de segurança.

“Por ser muito conhecido e utilizado, o WordPress normalmente é vítima de hackers. Por isso, há ferramentas de segurança muito eficientes, que garantem a segurança do site e das ferramentas.  A Cloudflare, por exemplo, cria uma barreira no wordpress contra pessoas mal-intencionadas que queiram fazer qualquer ataque”.

Case Piauí: plataforma integrada e crescimento de leads

Tiago Amorim apresentou o caso da Revista Piauí, que recentemente passou por um processo de modernização de suas ferramentas e plataforma de contato com os leitores. Hoje, toda a administração é feita por dentro do WordPress, incluindo pushnews, newsletter, upload de podcasts e captação de leads.

“Isso é importante porque a equipe da revista consegue aumentar o alcance da notícia por pushnews, newsletter, mas utilizando uma só plataforma”, explica. “Unificamos as maneiras de aproximar o usuário da Piauí e de atrair novos leitores e assinantes. Aumentamos os acessos de 200 mil/mês para até 2 milhões/mês, em alguns casos. Hoje 70% dos leitores acessam o conteúdo via mobile. A base de assinantes da newsletter semanal hoje é de 28 mil pessoas e o pushnews tem 230 mil usuários” comemora.

O Café com Aner é um encontro exclusivo para associados da Aner e para convidados, que acontece sempre nas tardes de terça-feira. Para saber como se associar, clique aqui ou entre em contato pelo aner@aner.org.br para mais informações.

Selecionamos outros textos para você