Revista mais antiga dos EUA ganha mais relevância quando a ciência fica em maior evidência

POYNTER – 31/08/2020

Rick Edmonds

A Scientific American, a revista mais antiga dos Estados Unidos em circulação ininterrupta, comemora seu 175º aniversário em situação estável financeiramente e com elevada audiência no impresso e no digital, muito por causa do crescente interesse das pessoas com a ciência em função da pandemia de Covid-19. A revista tem sido lucrativa nos últimos anos e voltará a ser em 2020, segundo editora-chefe Laura Helmuth. A publicação continua a ser publicada em papel todos os meses, em um momento em que muitas outras revistas têm diminuído sua frequência, e ganha cada vez mais relevância também no meio digital.

Leia aqui o texto na íntegra.

 

Selecionamos outros textos para você