Quase centenária, revista TIME reafirma sua missão diante da crise global causada pela pandemia de COVID-19

FOLIO.: 02/04/2020

Caysey Welton

Em momentos marcantes da história da humanidade, as organizações de notícias estão lá para informar as pessoas e registrar com precisão o que está acontecendo, contribuindo para o bem-estar das sociedades no presente e no futuro. Essa a principal motivação da revista norte-americana TIME, segundo seu editor-chefe, Edward Felsenthal, reafirmada agora em meio à pandemia do vírus causador da COVID-19. Segundo ele, assim como nas coberturas da Grande Depressão, da Segunda Guerra Mundial, do movimento dos Direitos Civis, da Guerra do Vietnã, de 11 de setembro de 2001 e outros fatos marcantes, a revista não tem poupado esforços para cobrir o drama que o mundo enfrenta no momento.

A cobertura da TIME sobre a COVID-19 começou em de 22 de janeiro, quando o jornalista Charlie Campbell informou de dentro de Wuhan, na China, onde ocorreu o primeiro surto conhecido, o que estava acontecendo após a rápida e fatal disseminação. Desde então, a TIME está comprometida 24 horas por dia e em todo o mundo para permanecer noticiando com excelência os fatos relacionados à pandemia.

Leia aqui o texto na íntegra.

Selecionamos outros textos para você