Publicada por 67 anos, revista Mad é descontinuada

MEIO&MENSAGEM – 04/07/2019

Criada em 1952 por um grupo de editores liderados pelo cartunista Harvey Kurtzman, a revista Mad, hoje propriedade da DC Comics, não será mais publicada com conteúdo novo. Depois de agosto, a edição americana deverá focar em material de arquivo, com novas capas, além de livros e coleções especiais.

O título foi reconhecido por seu humor irreverente, com crítica à sociedade e cultura pop contemporânea. Outra característica era sua identidade visual. Harvey Kurtzman foi responsável por criar o personagem Alfred E. Neuman, um garoto com sardas, orelhas de abano e um dente faltando, que ilustra todas as edições desde novembro de 1954.

Mad começou como um livro de quadrinhos bimestral publicado pela EC Comics. A primeira edição levava o título Tales Calculated to Drive You Mad (“Histórias com a intenção de levá-lo a loucura”, em português). Em 1955, a Mad foi transformada em revista e em 1960, o título foi comprado pela Kinney National Company, que mais tarde se tornou Time Warner, dona da DC Comics, que passou a publicar a revista.

A revista teve uma versão brasileira com conteúdo original e traduções publicada por diversas editoras, entre elas a Vecchi, Record, Mythos e Panini, até ser cancelada em abril de 2017.

Selecionamos outros textos para você