Por que a maior cooperativa varejista dos EUA trocou o catálogo por uma revista impressa

POYNTER – 12/12/2019

Gregory Scruggs

Em setembro, cerca de 450 associados à REI, a maior cooperativa de consumo dos Estados Unidos, receberam uma surpresa em suas caixas de correio. Em vez do típico catálogo de outono de 28 páginas que fala dos méritos da mais recente jaqueta ou tenda impermeável, o grupo de Seattle enviou a primeira edição de 84 páginas de uma nova revista trimestral, a Uncommon Path.

Com uma capa fosca e texturizada que evoca um guia de trilhas bem manuseado, a revista oferece uma mistura envolvente de histórias relatadas sobre questões controversas, como mudanças climáticas, destinos de viagens em lista de baldes, anúncios de marcas de roupas ao ar livre e várias críticas sobre equipamentos.

A publicação chama atenção por não explicitar anúncios. Por exemplo, um artigo sobre ciclistas de Los Angeles que aproveitaram os 42 km de ruas fechadas pela maratona anual da cidade para fazer um passeio ciclístico especial não tinha um objetivo claro de vendas; apenas uma boa narrativa. Ao todo, foram impressas 700 mil cópias da revista, 50 mil distribuídas nas bancas, incluindo todos os principais aeroportos dos Estados Unidos.

A REI não é primeira marca a publicar uma revista, mas a evolução de sua estratégia editorial pode representar um novo nível de aceitação pelos seus méritos jornalísticos.

Leia aqui o texto na íntegra.

Selecionamos outros textos para você