Poder das “Big Techs” é uma das quatro maiores ameaças à democracia, mostra estudo global

MEDIA TALKS – 11/05/2021

Aldo De Luca

O poder das gigantes tecnológicas como Facebook e Google já é visto como uma das quatro maiores ameaças à democracia global, com praticamente o mesmo índice do medo de fraude nas eleições. A conclusão é do Índice de Percepção da Democracia (IPD), resultado de uma pesquisa que ouviu a opinião de mais de 50 mil pessoas de 53 países. Nos Estados Unidos, onde as plataformas digitais foram usadas para incitar a invasão do Capitólio em janeiro, a ameaça das Big Techs foi apontada pelos entrevistados como o principal risco para a democracia do país.

O estudo mostra que após um ano de pandemia, aumentou a parcela global dos que veem um impacto negativo das plataformas digitais sobre a democracia. O Brasil aparece entre os seis primeiros que mais desejam legislação mais rigorosa para as mídias sociais. Os percentuais de brasileiros e de colombianos a favor de maior regulamentação das plataformas foram os que mais cresceram no mundo desde 2019 dentre os países pesquisados.  

O IPD é o maior estudo anual global sobre a percepção sobre a democracia. A edição 2021 do trabalho foi apresentada na quarta Cúpula da Democracia, encerrada nesta nesta terça-feira (11/5) em Copenhagen.

A pesquisa oferece uma comparação sem precedentes das atitudes globais em relação à democracia desde o início da pandemia, numa amostra que representa 75% da população mundial. As entrevistas foram realizadas entre fevereiro e abril de 2021.

Leia aqui o texto na íntegra 

 

Selecionamos outros textos para você