Pais&Filhos de agosto faz reflexão sobre conflitos entre escola e pais durante pandemia

Com informações da Pais&Filhos

A educação não deve (nem pode) ser um ringue de batalhas. Apesar da distância física, esse momento veio para reforçar esse laço que é fundamental para as crianças.

De acordo com um levantamento exclusivo do Google para a Pais&Filhos, a pesquisa por “aula remota” e “aula à distância” bateu recorde histórico no mês de junho. Com a necessidade de isolamento social, as salas de aula rapidamente tiveram que ser adaptadas e todo mundo precisou se virar nos 30. Por isso essa edição reforça a importância da parceria entre escola, pais e alunos nesse momento e futuro para garantir o bem-estar das crianças. Assim, foram entrevistados pais, educadores, psicólogos, pesquisadores para entender como cada um dos envolvidos sentiu essa mudança e espera daqui adiante.

Independentemente da forma como as aulas forem seguir, seja presencialmente ou online, a reportagem indica que é fundamental manter e fortalecer essa parceria diariamente, com dicas de especialistas para que isso, de fato, aconteça na prática. Mais uma vez a capa não traz personagens, mas destaca a necessidade de aposentar as luvas e acabar de vez com essa separação entre o ambiente de casa e da escola. A matéria de destaque pede: bandeira branca, por favor.

Ao longo do texto, você encontra outros dados sobre o tema, como o também aumento da pesquisas sobre o termo “ensino em casa” no YouTube, em 120%. “Embora a necessidade de distanciamento físico, a reportagem mostra que todos estão mais juntos do que nunca por um propósito maior. É preciso parar e refletir e essa troca de experiências tem sido e continuará sendo muito importante”, explica Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos.

Ao longo de oito páginas, a matéria enfatiza a necessidade de diálogo entre todas as partes. É a oportunidade perfeita para treinar a empatia e se colocar no lugar do outro. É normal que se sinta perdido, afinal são muitas perguntas ainda sem respostas. E para continuar ajudando na missão de educar os filhos, a edição de agosto também traz matérias especiais sobre parentalidade para comemorar o mês deles, e garantir o calendário de vacinação em dia. Lá, você encontra mais informações sobre o 9º Seminário Internacional Pais&Filhos, que acontecerá no dia 19 de agosto!

“Nós acreditamos na pluralidade quando se trata de cuidado com os filhos. Não há apenas um único jeito certo, cada família tem o seu e nosso objetivo é justamente oferecer conteúdos para te ajudar a encontrar o que melhor se adequa a sua realidade”, pontua Adriana Cury, diretora geral da Pais&Filhos. Todos estão aprendendo nesse período e nesse “novo normal” muita coisa mudou (para melhor), como é o caso da relação entre pais, educadores e crianças. “A Pais&Filhos passou por diversas mudanças para acompanhar as evoluções das famílias brasileiras. Essa é mais uma delas e estamos juntos em mais esse desafio”, afirma Marcos Dvoskin, presidente do conselho da Pais&Filhos.

Sobre a Pais&Filhos

A Pais&Filhos há mais de 50 anos leva informação de qualidade às famílias brasileiras. Com confiança, segurança, carinho e cuidado produzimos conteúdo pensado para todas as fases, para quem quer engravidar, para quem está grávida e para quem tem bebês ou filhos mais velhos. Você pode acompanhar a gente na revista impressa e mensal, diariamente e em tempo real no site e redes sociais, além de comparecer aos Seminários Internacionais Pais&Filhos, sempre recheado de programações especiais.

Selecionamos outros textos para você