Obamas farão podcast exclusivo para Spotify

MEIO&MENSAGEM – 07/06/2019

George P. Slefo, do Advertising Age

A Higher Ground, empresa de produção de Barack e Michelle Obama, vai começar a empreender na onda de podcast. O casal anunciou nesta quinta-feira, 6, que vai publicar conteúdo exclusivo em áudio digital no Spotify. O acordo prevê que os Obamas “desenvolvam, produzam e emprestem suas vozes para podcasts selecionados, conectando-os com ouvintes de todo o mundo e falando sobre diversos tópicos”, diz o comunicado do streaming. A produtora já tem um acordo de produção com a Netflix, mas expande a atuação a partir da divisão Higher Ground Audio.

Spotify, Pandora e iHeartRadio estão em corrida para tirar a Apple do trono de primeiro destino para podcasts. Cada um avalia a vertical como uma área significativa de crescimento e, como resultado, todos estão fechando acordos para conteúdo exclusivo para atrair os ouvintes de suas respectivas plataformas.

O acordo do Spotify com a Higher Ground vai incluir anúncios já que todos os podcasts na plataforma são monetizados. Não está claro quais são os demais termos da parceria, mas shows populares normalmente rendem de US$ 25 a US$ 40 para cada mil reproduções. Cerca de 70% disso vai para o produtor do podcast e o demais fica com a plataforma.

A união pode servir bem a ambos o Spotify e o casal Obama, uma vez que a eleição de 2020 para presidente dos Estados Unidos está próxima. Mais cedo nesta semana, o Interactive Advertising Bureau (IAB) disse que a receita com publicidade de podcasts atingiu US$ 479 milhões em 2018, 53% a mais do que o ano anterior. Adicionalmente, o relatório indica que a expectativa é que o número cresça 42% este ano, chegando a US$ 679 milhões.

“Nós sempre acreditamos que o valor de conversas que entretenham e provoquem pensamentos”, disse Barack Obama em comunicado. “Nos ajuda a criar conexões uns com os outros e a abrir a novas ideias. Nós estamos animados com a Higher Ground Audio porque podcasts oferecem uma oportunidade extraordinária para fomentar diálogo produtivo, fazer as pessoas sorrirem, pensarem e, esperançosamente, trazer todos próximos uns aos outros”.

Estima-se que 73 milhões de pessoas se conectaram mensalmente a um podcast em 2018, 1,8 milhão a mais do que 2017, de acordo com dados da Edison Research. O aumento de assistentes de voz, carros conectados e aparelhos móveis está acelerando o crescimento de podcasts, diz a empresa de pesquisa. Enquanto isso, alguns ouvintes também se tornaram “power users”, ou pessoas que se conectam ao conteúdo em áudio digital multiplas vezes no mês. Esse grupo tem crescido a cada ano, de 3,3 milhões em 2013 a 48 milhões em 2018, conforme o relatório da Edison Research.

Selecionamos outros textos para você