Nova edição da Playboy reflete mudanças no mercado editorial

THE GUARDIAN – 14/07/2020

Priya Elan

Há em curso uma série de reposicionamentos no mercado editorial. Em um deles, a revista Playboy dos Estados Unidos, agora totalmente digital, traz em sua capa o rapper porto-riquenho Bad Bunny. Excluindo o fundador da Playboy, Hugh Hefner, o artista é o primeiro homem a aparecer na primeira página da publicação.

Nos últimos cinco anos, a Playboy — anteriormente um sinônimo de costumes sexuais desatualizados e noções extremamente rígidas de masculinidade — passou por uma evolução fascinante. Adotou imagens eróticas mais artísticas e com foco suave e, em determinado ponto, até experimentou proibir nus.

Leia aqui o texto na íntegra.

Selecionamos outros textos para você