Jornalistas lançam revista digital gratuita sobre religiosidade de matriz africana

BEM PARANÁ – 29/07/2020

As religiões de matrizes africanas no Brasil ganham, no próximo dia 31 de julho, mais um aliado contra a intolerância religiosa. Na data, a primeira edição da revista digital KOBÁ estará disponível para leitura gratuita no site. Com foco na religiosidade de matriz africana, a publicação visa reunir conteúdo sobre Umbanda e Candomblé de forma informativa e didática.

“A afrorreligiosidade sobreviveu através da oralidade. Sendo transmitidas de geração em geração — e de boca em boca —, as fés de orixá se enraizaram na cultura popular brasileira e contribuíram para a formação do país. Hoje, essa característica se mantém, mas também é preciso registrar”, destaca Gabriel Sorrentino, editor-chefe do periódico.

Além de reportagens, contos, poesias e reflexões sobre religiosidade e sociedade, as edições contam também com colunas assinadas por jornalistas, pais e mães de santo, pesquisadores e irmãos de fé. “Nós acreditamos na informação como principal força no combate ao racismo religioso”, afirma o editor.

Selecionamos outros textos para você