Gusttavo Lima e Ambev serão julgados pelo Conar

MEIO&MENSAGEM – 15/04/2020

Bárbara Sacchitiello

Consumo de bebidas alcóolicas por parte do cantor na live realizada em sua casa gerou reclamações por parte dos consumidores.

A Ambev e o cantor Gusttavo Lima serão avaliados pelo Conselho de Autorregulamentação Publicitária (Conar). O motivo foram as duas lives feitas pelo cantor nos últimos dias, chamadas “Buteco em Casa” e “Buteco Bohemia em Casa”.

As apresentações, que atraíram milhões de pessoas ao canal do sertanejo no YouTube, foram parar na esfera do Conar após a reclamação de consumidores a respeito do consumo de bebidas alcoólicas durante os shows e a falta de avisos restritivos ao público, sobretudo a menores de idade.

De acordo com o Conar, dezenas de consumidores formalizaram reclamações a respeito das lives logo após os conteúdos serem exibidos. Em nota publicada no site, o Conar ressalta que o formato da live é algo inovador para o momento em que o País atravessa, mas pondera que as ações publicitárias que dela façam parte devem ser conciliadas aos princípios fundamentais de comunicação comercial do segmento de bebidas alcoólicas, sobretudo para não estimular o consumo em demasia e nem o hábito por parte de crianças e adolescentes.

A partir da abertura da representação ética, tanto o cantor quanto a Ambev têm um prazo para enviar suas defesas ao Conselho de Ética do Conar ou, então, adaptar imediatamente as regras de restrição de consumo às lives.
Nas redes sociais, a empolgação de Gusttavo Lima com as bebidas foi um dos assuntos mais comentados no último fim de semana. No último dia 11, a apresentação do “Buteco Bohemia em Casa” teve mais de sete horas de duração, período em que Gusttavo consumiu, em grandes quantidades, a cerveja patrocinadora e outras bebidas que mantinha em sua casa. Antes de iniciar a apresentação, inclusive, o canal do cantor trazia uma mensagem que também fazia alusão às bebidas: “Atenção todos os cachaceiros desse mundo: já já a nossa live começa!”.

Além da Ambev, a live do cantor também teve patrocínio de outras marcas, como Casas Bahia, Perdigão e Serasa.

Selecionamos outros textos para você