Grupo Globo tem mudança no Conselho de Administração

PROPMARK – 28/04/2021

João Roberto Marinho assume a presidência do órgão no lugar de Roberto Irineu Marinho, que passa a ocupar a vice-presidência.

O Grupo Globo anuncia a substituição de Roberto Irineu Marinho por João Roberto Marinho na presidência do seu Conselho de Administração. Com a decisão tomada por unanimidade, Roberto Irineu Marinho passa a ocupar a vice-presidência do órgão, do qual fazem parte ainda José Roberto Marinho (também como vice-presidente), Paulo Marinho, Roberto Marinho Neto, Alberto Pecegueiro e Jorge Nóbrega, que permanece na presidência do Grupo Globo. Não houve mudanças no controle das empresas, nem na atuação do Conselho que tem, entre as suas missões, a de definir a estratégia dos negócios, zelar pela manutenção dos valores e da essência Globo e aprovar os planos de negócios.

De acordo com o comunicado da emissora, João Roberto Marinho continuará também à frente do Conselho Editorial, responsável por discutir e propor orientação e alinhamento em questões editoriais, e do Comitê Institucional, que tem o papel de acompanhar e propor linhas de atuação para as relações institucionais do grupo. José Roberto Marinho também seguirá na presidência da Fundação Roberto Marinho.

“Ao longo dos últimos 20 anos, Roberto Irineu, João Roberto e José Roberto Marinho empreenderam um grande esforço na construção de um modelo de governança para o Grupo Globo que busca alcançar as melhores práticas corporativas do mercado. Já em 1998, os três se afastaram da gestão direta da empresa e formaram um Comitê de Gestão, a fim de que pudessem exercer uma liderança compartilhada da empresa, tendo, em 2011, assumido as funções de membros do Conselho de Administração, criado naquele ano. Com a alteração ocorrida agora, a presidência do Conselho de Administração passará a ser ocupada por João Roberto. Roberto Irineu assumirá a vice-presidência e manterá suas atribuições de membro do Conselho, apoiando seus irmãos e os outros conselheiros nas tomadas de decisão”, explicou Jorge Nóbrega, presidente do Grupo Globo e da Globo.

 

 

Selecionamos outros textos para você