Google e YouTube criam proteções extras para menores de idade

Materia da Axios mostra que o Google e o YouTube estão criando novos métodos para proteger os usuários menores de 18 anos. Entre as alterações, estão o bloqueio da segmentação de anúncios com base em idade, sexo ou interesses e a proibição de ativação de histórico de localização para jovens.

A medida acompanha as mudanças que já estão sendo promovidas pelo Instagram, para este mesmo público, desde o fim de julho. Uma das principais mudanças é tornar as contas de usuários menores de 16 anos privadas, por padrão. Há ainda novas tecnologias em estudo para permitir que o Instagram encontre contas que mostraram comportamento potencialmente suspeito e os impeça de interagir com contas de jovens.

Em todas as plataformas, invariavelmente as medidas afetam a forma como os anunciantes podem direcionar os usuários jovens, restringindo o acesso a dados particulares. No Instagram, em breve só será possível direcionar anúncios para menores de 18 anos com base em sua idade, sexo e localização.

Alterações anunciadas pelo Google:

Pais ou responsáveis poderão solicitar a remoção de imagens dos menores dos resultados da pesquisa de imagens do Google.

  • O SafeSearch, que filtra resultados explícitos, será ativado para usuários com menos de 18 anos e se tornará a configuração padrão para adolescentes que criarem novas contas.
  • Os aplicativos serão obrigados a divulgar como usam os dados como parte de uma nova seção de segurança para o Google Play, que também destacará quais aplicativos seguem as políticas familiares do Google.

Mudanças anunciadas pelo YouTube

  • Vídeos considerado pelo YouTube “excessivamente comerciais” (no YouTube Kids), que mostrem muito a embalagem do produto ou incentivem as crianças a gastarem dinheiro serão retirados do ar.
  • Usuários entre 13 e 17 anos, terão suas configurações de upload padrão alteradas para a opção mais privada, com uploads privados sendo vistos apenas pelo usuário e por quem ele escolher.
  • As crianças serão alertadas para  “fazer uma pausa” e receberão lembretes de hora de dormir, com desativação da reprodução automática por padrão para essa faixa etária.
  • A opção de reprodução automática será desativada como configuração padrão para o YouTube Kids.

Selecionamos outros textos para você