Folha revê políticas para retirada e atualização de conteúdos em plataformas digitais

Para adequar as práticas do jornal ao novo entendimento jurídico estabelecido recentemente pelo Supremo Tribunal Federal sobre a questão do direito ao esquecimento,   a Folha de S. Paulo reviu suas políticas para retirada e atualização de conteúdos publicados em suas plataformas digitais. Em algumas situações, o jornal agora pode produzir novas reportagens ou acrescentar a conteúdos antigos notas para atualizar desdobramentos de uma notícia.

O jornal passará a permitir que os leitores retirem comentários que eles próprios tenham feito nas plataformas digitais e desejem apagar. Leitores que quiserem remover comentários podem usar os canais de comunicação disponíveis no site da Folha para encaminhar a solicitação. Atualmente, o jornal só tira do ar comentários que violem as condições com as quais os leitores concordam antes de postar suas manifestações. São proibidos comentários que usem linguagem ofensiva, veiculem propaganda ou sem relação com o tema da reportagem que comentam, por exemplo.

Leia mais na Folha

Selecionamos outros textos para você