Facebook terá Reels para atrair jovens

01 de outubro de 2021

 

O Reels vai fazer parte do Facebook. O anúncio foi feito esta semana, dentro do pacote de mudanças que agrega um botão, no Instagram, para direcionamento de mensagens para WhatsApp. Com programa, criado para o Instagram, a companhia também espera ter novas opções de publicidade. “No Facebook, testaremos anúncios em stickers e banners”, declarou a empresa.

As mudanças mostram que a empresa está tentando evoluir para não se tornar uma rede social obsoleta e reconquistar o público jovem, que parece apaixonado pelo TikTok, da  ByteDance.  A empresa chinesa anunciou, esta semana, o marco de 1 bilhão de usuários ativos, utilizando vídeos criativas e um algoritmo viciante. Enquanto isso, o Facebook possui uma média diária de 1,9 bilhão de usuários e de 2,8 bilhões de usuários considerando todos os seus aplicativos, incluindo o Instagram.

Vídeos cada vez mais populares entre anunciantes

O Facebook Reels é mais um exemplo de como as empresas de mídias sociais nos Estados Unidos estão tentando oferecer aos influenciadores populares formas de alcançar audiências maiores. Os vídeos do Reels são exibidos para todos os usuários do aplicativo, não apenas para quem segue aquela conta.

A parcela de anunciantes também está na mira do Facebook, já que os vídeos estão ficando cada vez mais populares entre as marcas.

“Assim como no Instagram, em breve começaremos a testar anúncios de tela cheia e imersivos no Reels”, declarou o Facebook, no comunicado. “Assim como acontece com o conteúdo orgânico, as pessoas podem comentar, dar likes, visualizar, salvar, compartilhar ou pular os anúncios”, completou.

A rede social também tem um modelo de remuneração para os maiores creators pelo programa Reels Play, que é parte do compromisso da companhia em doar US$ 1 bilhão como estímulo aos criadores de conteúdo de suas plataformas.

Clique aqui e leia mais no Meio&Mensagem

 

Selecionamos outros textos para você