Entenda o 1 bilhão de posts no Twitter sobre games

PROXXIMA – 03/9/2020

Beto Vides

O mercado mundial de games deverá gerar U$ 159 bilhões até o final de 2020. A previsão é de um aumento de aproximadamente 9,3% nas receitas do setor, em 2020.

No final de julho, destaquei o quanto o mercado de games e jogos eletrônicos vinha galgando ótimos resultados em meio ao conturbado momento de pandemia de Covid-19, ao contrário de muitos outros segmentos econômicos em geral e, especialmente, do próprio ecossistema da indústria de entretenimento, que vêm amargando prejuízos em consequência do novo Coronavírus. Enfatizei que, com osprotocolos de distanciamento social recomendados pelas autoridades sanitárias, os jogos passaram a oferecerdivertimento. Os números divulgados neste mês pelo Twitter são mais uma evidência incontestável do crescimento do setor.

Ao longo do primeiro semestre deste ano, foram mais de um bilhão de tweets sobre games postados mundialmente. É quase a mesma quantidade de mensagens contabilizadas sobre o assunto durante o ano inteiro de 2019, quando a plataforma registrou cerca de 1,2 bilhão de postagens sobre o tema globalmente (número, na ocasião, 20% maior que em 2018). Games e jogos eletrônicos estão entre os assuntos mais comentados em mercados maduros e também no Brasil. Segundo os dados divulgados pelo Twitter, o país subiu uma posição no ranking globalpassando a figurar, agora, como o quarto entre os que mais falam sobre o assunto na plataforma, atrás apenas de Japão, Estados Unidos e Coreia do Sul, respectivamente.

Falando especificamente sobre o nicho de esportes eletrônicos, quatro dos dez times mais comentados no mundo são brasileiros. O MiBR aparece na segunda posição do ranking global seguido por paiN Gaming (4ª colocação), Flamengo Esports (6ª) e FURIA Esports (10ª).Detalhe: ano passado, o Flamengo, em oitavo, era a única equipe nacional presente no Top 10 do mundo. O que explica o boom de postagens (ou seja: de conversas) sobre games e eSports no Twitter? Uma soma de fatores. Primeiro, os jogos têm oferecido distração àqueles que estão isolados e procuram algum modo de diversão, passatempo ou mesmo de interação social remota – já que é possível jogar com quem está em qualquer parte do mundo. Em última instância, os games, no contexto da pandemia, estão contribuindo para a saúde mental das pessoas.

Outro elemento importante e que “explica” o acentuado volume de posts sobre jogos eletrônicos é o fato de, no final de 2019, o Twitter ter lançado o recurso “Tópicos”, uma funcionalidade que permite aos usuários acompanharem conversas sobre assuntos de interesse com a mesma facilidade com que seguem contas na plataforma.É que a partir de novembro do ano passado, ficou mais fácil participar das conversas sobre jogos eletrônicos e eSports. Funciona assim: ao seguir um tópico sobre o seu game, jogador ou time favorito, o usuário passa a receber tweets de contas de especialistas, outros fãs, além de pessoas que estão falando bastante sobre o assunto na plataforma.

Outro fator considerável e que também explica o crescimento de postagens sobre games e eSports é o próprio consumo de jogos eletrônicos durante a pandemia. “The Last of Us Part II”, por exemplo, vendeu mais de quatro milhões de unidades na semana de lançamento, se consolidando como a maior estreia da história do PlayStation. A Sony, por sua vez, quase dobrou o faturamento de jogos digitais do PS4 ao longo da quarentena. Conclusão: toda a movimentação com lançamentos de jogos, campeonatos de eSports e eventos do setor ao longo do primeiro semestre deste ano, durante a propagação da pandemia de Covid-19, resultou também num aumento expressivo de conversas sobre games nas mídias sociais.

A propósito: de acordo com o relatório “2020 Global Games Market Report”, realizado e divulgado pela consultoria de inteligência Newzoo, o mercado mundial de games deverá gerar U$ 159 bilhões até o final de 2020. A previsão é de um aumento de aproximadamente 9,3% nas receitas do setor, em relação a 2019, mesmo diante da complicada situação sanitária que o mundo atravessa. Onúmero de jogadores amadores também deverá crescer até o fim deste ano, chegando à estratosférica marca de 2.7 bilhões de pessoas. As medidas de isolamento socialadotadas em boa parte do mundo aceleraram mudanças de comportamento que já vinham acontecendo antes da pandemoa.

Voltando aos mais de um bilhão de tweets sobre games postados mundialmente, estes são os rankings Top 10 depaíses, games, times de esports e eventos que dominaram as conversas sobre o assunto no Twitter durante o primeiro semestre deste ano, tanto no Brasil como no mundo.Países que mais tweetaram sobre games: Japão, Estados Unidos, Coreia do Sul, Brasil, Tailândia, França, Reino Unido, Índia, Espanha e Filipinas.

Jogos mais comentados no mundo: Animal Crossing (1ª posição), Fate/Grand Order (2ª), Final Fantasy (3ª), Disney: Twisted-Wonderland (4ª), Fortnite (5ª), Ensemble Stars (6ª), Knives Out (7ª), Apex Legends (8ª), Identity V(9ª) e

PLAYERUNKNOWN’S BATTLEGROUNDS (10ª).Jogos mais comentados no Brasil: League of Legends (#1), Animal Crossing: New Horizons (#2), Minecraft (#3), The Sims (#4), VALORANT (#5), Grand Theft Auto(#6), The Last of Us Pt. 2 (#7), Fortnite (#8), CS:GO (#9) e Final Fantasy (#10).

Top 10 de times de esportes eletrônicos mais comentados no mundo: 1 – FaZE Clan (@FaZEClan), 2 – MiBR(@MIBR), 3 – G2 Esports (@G2esports), 4 – paiNGaming (@paiNGamingBR), 5 – FNATIC (@FNATIC), 6 – Flamengo Esports (@flaesports), 7 – T1 (@T1), 8 –Cloud9 (@Cloud9), 9 – 100 Thieves (@100Thieves), e 10 – FURIA Esports (@furiagg). Times de eSports mais comentados no Brasil: #1 – MiBR (@MIBR), #2 – paiNGaming (@paiNGamingBR), #3 – Flamengo Esports(@flaesports), #4 – FURIA Esports (@furiagg), #5 –Vivo Keyd (@VivoKeyd), #6 – KaBum! Esports(@kabumesports), #7 – INTZ (@INTZ), #8 – Team Liquid(@TeamLiquid), #9 – Evil Geniuses(@EvilGeniuses), e#10 – Cloud9 (@Cloud9).

Top 5 de eventos de jogos eletrônicos mais comentados no mundo: The Future of Gaming on PS5, Niconico Net Chokaigi 2020, Xbox Games Showcase, PAX East 2020 e Ubisoft Forward 2020. Eventos de games maiscomentados no Brasil: The Future of Gaming on PS5 (1º lugar), Xbox Games Showcase (2º), Ubisoft Forward 2020(3º), Summer Game Fest (4º) e PAX East 2020 (5º).

Beto Vides é sócio fundador e diretor executivo da eBrainz, a primeira consultoria especializada em games e eSports do Brasil.

Selecionamos outros textos para você