Editorial de moda produzido por moradores de Brusque e Guabiruba é publicado na revista Vogue Itália

O MUNICÍPIO – 09/03/2020

Eliz Haacke

Para realizar o sonho de ver o próprio trabalho publicado em uma das principais revistas de moda do mundo, Jonatan Coelho e Teodoro Gums não mediram esforços e produziram um conteúdo conceitual. O material foi publicado no site da Vogue Itália no dia 25 de fevereiro.

Ambos já produziram editoriais e tentaram publicar na revista, mas essa foi a primeira vez que foram aceitos. O trabalho foca em uma ideia de editorial conceitual. O projeto foi nomeado como Fashion Live Painting e retrata fotos de moda como pinturas vivas.

A produção de moda é assinada por Coelho, as fotos são de Gums, que prefere ser chamado de Téo Gums, a maquiagem foi realizada por Karine Dãobroski e o modelo é o cantor Bruno Baumgartner, o Brunão.

Para fazer os cliques, o fotógrafo buscou inspiração em grandes revistas de moda além da Vogue, como Elle e Glamour.

Seleção dos trabalhos
O site da Vogue Itália tem um espaço que aceita trabalhos independentes de fotógrafos. A seleção é feita pela editora da revista que faz uma curadoria das imagens. Além das fotos, os candidatos devem encaminhar um texto que explica o projeto. Os trabalhos aceitos são publicados no site da revista

“Já havíamos mandando outros trabalhos para lá, mas não foram aceitos. Ao nosso ver, agora, a impressão é que faltava consistência. Com essa ideia, que foi mais madura, vimos que faltava consistência, mas agora conseguimos esse atestado deles e ter isso no portfólio é incrível, é um marco”, explica Coelho.

A equipe já planeja outros materiais e o foco é produzir conteúdo que atenda as expectativas da Vogue e de outras revistas almejadas por eles. Os profissionais querem elevar o nível a cada trabalho para terem mais projetos aprovados. Além disso, eles pretendem publicar alguns materiais nas revistas nacionais por conta da visibilidade no mercado brasileiro.

Segundo o produtor de moda, a intenção é fazer editoriais que mostrem a moda como reflexão e não apenas um costume. “Ela faz parte da cultura mesmo. Através dela conseguimos ler momentos de crise, entender um período de história e ter a moda como narrativa da sociedade”, destaca.

Visibilidade internacional
Após a publicação, a equipe considera que está recebendo um retorno positivo do público e dos colegas de profissão. Segundo eles, isso mostra que estão no caminho certo. “Um editorial não é feito por uma pessoa só, tem uma equipe envolvida. Todo profissional da sua área conseguiu um feedback legal. Conseguimos atingir um público que não imaginávamos, que veio nos parabenizar. É uma visibilidade legal e que mostra que estamos conseguindo atingir as nossas metas e fazer um trabalho legal”, avalia Téo. Coelho trabalha exclusivamente com produção de moda. Ele gerencia e planeja campanhas e editoriais de moda. “Depois desse respaldo e validação do nosso trabalho na Vogue, alguns produtores já entraram em contato comigo para oferecer serviço e trocar ideias para somar forças”, declara.

“Para mim é uma conquista muito importante. Como fotógrafo ter um editorial publicado na Vogue Itália é um sinal de que estou apto e já tenho o perfil de fotografia que consegue atingir esses ramos na parte fashion. Isso me dá maior visibilidade e a certeza de que o trabalho está sendo bem feito”, afirma Téo. “O sentimento é de dever de casa feito. Fazemos o nosso trabalho com tanto amor que esse reconhecimento tira dúvidas de que é isso que eu amo fazer, o que eu sou de bom e
continuarei fazendo”, declara Coelho com extrema felicidade.

Veja a publicação no site da revista Vogue Itália

Selecionamos outros textos para você