CRESCER lança edição de aniversário com especial sobre o sono das crianças e o novo turismo  

No mês em que completa 27 anos, a revista CRESCER traz reportagens especiais em sua edição de novembro. Uma delas é sobre o quanto o sono de crianças e dos adultos sofreu mudanças bruscas. Já são oito meses de quarentena. Depois de tanto tempo, impossível não ter aspectos da vida e do dia a dia alterados. Isso vale também para o sono: de crianças a adultos, de bebês a idosos, todos sofremos impactos na qualidade do nosso descanso. Uma pesquisa feita pela Universidade Federal de Minas Gerais mostrou que 40% dos brasileiros perderam o sono neste período de pandemia. Por vários motivos: estresse, trabalho em home office, dificuldade em estabelecer uma rotina com todos em casa, e por aí vai. Um artigo publicado no The Journal of Child Psychology and Psychiatry, da Associação para Saúde Mental Infantil e Adolescente, de Londres, Inglaterra, aponta que o índice de agravamento de problemas de sono das crianças durante a pandemia é alto e deve continuar, mesmo quando tudo passar. “Há tantos meses longe dos amigos, da escola e em uma nova dinâmica familiar, o descanso de todos foi afetado. Sabemos que dormir bem é fundamental para o desenvolvimento pleno das crianças e para o bem-estar dos adultos também. Por isso, buscamos os principais motivos que tornaram as noites mais bagunçadas na casa de quem tem filhos e trouxemos dicas valiosas de como mudar esse jogo”, diz Ana Paula Pontes, editora-chefe da CRESCER.

Outro cenário que a pandemia modificou foi o turismo. Depois de meses sem sair de casa com os filhos, os pais perceberam como a saúde mental das crianças começou a ficar abalada e passar uns dias fora foi a solução que algumas famílias encontraram de continuar o home office e as aulas online das crianças em outro ambiente. Rapidamente, hotéis e resorts se organizaram para oferecer estrutura para esse público.

Paralelo a essas viagens em meio à rotina, e com a flexibilização da quarentena em alguns estados, as férias estão chegando e dias de descanso e, em especial, junto à natureza já se tornaram até recomendação de alguns médicos. “Preparamos 10 páginas com todas as dicas que pais e mães precisam ter ao decidir viajar com os filhos. A pandemia continua, por isso, há uma nova mala de viagem que precisa ser feita, incluindo álcool gel e máscaras, e protocolos de higiene que devem ser seguidos. Trouxemos também um termômetro que dá um panorama do nível de risco de transmissão da covid-19 durante uma viagem. Tudo para que as famílias tenham dias de descanso mais do que merecidos com muito cuidado”, afirma Ana Paula Pontes.

Para isso, a reportagem contou com um time de especialistas para trazer informações seguras, com base na ciência e na realidade pela qual o país está passando.

Esses e outros conteúdos podem ser acessados na edição impressa e também por meio do aplicativo Globo+.

Selecionamos outros textos para você