Condé Nast espera forte crescimento da receita em 2021 após “ano muito difícil”

THE INFORMATION – 12/03/2021

Tom Dotan

A gigante das revistas Condé Nast, editora de títulos como Vogue, Vanity Fair, The New Yorker e Wired, teve um “ano muito, muito difícil” em 2020, graças ao impacto da pandemia na publicidade, disse o CEO Roger Lynch. Mas este ano, ele prevê, a receita crescerá em “porcentagens de dois dígitos” e, a longo prazo, ele acredita que a publicidade se tornará muito menos importante como negócio à medida que o comércio eletrônico, o vídeo e as assinaturas crescerem.

Leia aqui

 

Selecionamos outros textos para você