Comissão de Logística da Aner: Editoras estudam alternativas para distribuição no canal varejo

07 de outubro de 2021

Desde abril, quando a Comissão de Logística da Aner foi criada, seguindo as determinações da nova gestão da Aner, um dos assuntos mais considerados nos encontros é a distribuição de títulos em bancas e no varejo. Na última quarta-feira, um encontro reuniu profissionais de várias editoras associadas à Aner para buscar alternativas para a operação do canal varejo, interrompido no ano passado, pela Dinap.

“A pandemia atingiu fortemente toda a cadeia (editores, distribuidores, jornaleiros…) agravando ainda mais o momento desafiador que vive o segmento”, explica o líder do tema distribuição varejo, Mario Perrut, gerente de vendas e Canais Diretos da Editora Globo. “A proposta da Comissão é unir esforços para enfrentar esses desafios, encontrando meios para tornar essa operação mais eficiente para toda a cadeia”, afirma.

O encontro, coordenado por Regina Bucco, consultora da Aner, contou com a participação de Yuko Tahan, da Editora Três; Joaquim Carqueijó e Marcos Marcondes, da Edicase; Luciana Pianaro, da Revista Vida Simples e o presidente do Sindicato dos Jornaleiros de São Paulo (Sindjorsp), José Antônio Mantovani.

União de esforços para reativar pontos de vendas

Com a interrupção dos serviços da Dinap, que era a responsável pela maior parte da distribuição nacional de revistas, as editoras tiveram que encontrar formas de levar seus títulos para as bancas de jornais e pontos de venda. Aos poucos os negócios estão sendo retomados.

“A Editora Globo, assim como a maioria dos editores, conseguiu viabilizar uma operação direta para o canal bancas, através da rede de distribuidores em todo o Brasil. Passado um ano do fim da Dinap e desta nova operação montada pelos editores, um ponto importante para a sustentabilidade do nosso negócio é estudar formas para manter toda a cadeia saudável”, explica Mario, que trabalha no ramo há 20 anos e passou pela própria Dinap, antes de ocupar o cargo de gerência na Editora Globo.

Os desafios do Varejo

O varejo (redes de supermercados, farmácias, livrarias, pontos não convencionais etc.) é um canal que foi operado pela Dinap por mais de 15 anos, com participação significativa nas vendas de revistas e colecionáveis. Apesar de promissor, o maior desafio para viabilizar esta operação é equacionar os custos com transporte loja a loja, promotores para abastecimento e retirada dos produtos, comissões do distribuidor e da rede varejista etc.

Através da parceria com o distribuidor de Porto Alegre, conseguimos manter as vendas em varejistas como as redes Zaffari, de supermercados, e a Cameron, de livrarias. Isso mostra que, mesmo com todos os desafios, com o empenho conjunto é possível viabilizar a operação no canal. Desde julho, através da parceria com uma empresa distribuidora de Minas Gerais, a Editora Globo voltou a vender suas revistas na Drogaria Araújo, em um piloto de 30 lojas.

“Na Drogaria Araújo, depois desta primeira fase piloto, outros editores poderão negociar a entrada na rede, contribuindo para que a operação seja saudável. Com um mix mais completo, as chances de escalar esta operação para as 150 lojas da rede serão bem maiores”, afirma Mario, e ainda: “Continuamos negociando para que mais redes de supermercados e grandes varejistas entrem no negócio.”

Na última quarta-feira, um parceiro interessado em operar o canal varejo foi apresentado aos associados. Agora, o grupo de editores fará a análise dos custos e do formato de negócio apresentado, para verificar a viabilidade da parceria. A próxima reunião da Comissão de Logística acontece na quarta-feira, 13, pela manhã.

Quer participar? Informe-se sobre como se tornar um associado da Aner!

Clique aqui para enviar um e-mail e ter mais informações.

 

Selecionamos outros textos para você