Comissão barra acesso a monitoramento das redes

O ESTADO DE S.PAULO – 28/07/2020

A Comissão Mista de Reavaliação de Informações (CMRI) barrou acesso a 4 mil páginas de relatórios de monitoramento de redes sociais produzidos pela Secretaria de Comunicação Social em 2019. A CMRI é a última instância da Lei de Acesso à Informação. O Planalto alegou que “não se vislumbra interesse público” na divulgação dos relatórios, que acompanham o “humor” de usuários de redes sociais em relação a ações do governo, apesar de parecer técnico sugerir a liberação dos documentos.

Selecionamos outros textos para você