Café com ANER: Soluções de logística e vendas em marketplace para editoras

O Café Com ANER da tarde desta terça-feira, dia 3 de agosto, reuniu convidados e associados para discutir soluções inovadoras de logística, formas de entrega e parcerias de negócios em marketplaces para editoras. A conversa teve a participação do diretor de e-commerce e Costumer Sucess na Infracommerce, Veraldino Júnior.

Engenheiro naval de formação, Veraldino começou sua carreira em mercado financeiro até receber um convite para trabalhar com e-commerce no Submarino, há cerca de 20 anos. Desde então vem acompanhando de perto as evoluções do mercado, até que, em 2020, viu o salto por conta da pandemia de Covid e o isolamento social

“Aconteceu tudo que a gente não esperava… e foi uma verdadeira guerra. Mas mesmo em guerra alguns segmentos acabam tendo oportunidades e esse foi o nosso caso. Crescemos 4 anos em um. Tudo que pretendíamos fazer nos próximos anos, tivemos que fazer em 2020. Com isso tivemos um mercado de R$87 bilhões em 2020, um crescimento de cerca de 41% frente a 2019, totalmente não previsto”, conta.

Por conta de toda essa experiência, Veraldino citou, no Café, opções interessantes que podem atender os editores em questões de logística e em novas formas de negócios, utilizando o conteúdo e o tráfego gerado nos sites para a venda de produtos. A conversa foi tão boa que o diretor de e-commerce foi convidado para participar de uma das reuniões da Comissão de Logística da ANER.

“Seria excelente desenhar um processo de venda por e-commerce para uma das editoras associadas, que pode servir de modelo para outros cases”, convidou a consultora da ANER Regina Bucco, que apresenta o Café com ANER.

Regina Bucco: Como a Infracommerce funcionaria para um cliente do ramo de revistas?

Podemos falar de editoras e distribuidores que não têm lojas físicas e precisam criar pequenas lojas e-commerce. Podemos atender clientes que tenham bases espalhadas pelo Brasil e precisam integrar essas lojas. Ou podemos estudar formas de fazer com que a editora atinja mais clientes do que já atende atualmente, usando o conceito de marketplace. A vantagem de ter a Infracommerce é que já estamos preparados para possibilitar a integração dos clientes nas diversas plataformas de marketplace existentes, por exemplo. Assim, o custo operacional é menor para a empresa.

Regina Bucco: Como fazer para que os jornaleiros possam pegar edições de revistas em pontos onde atualmente elas não estão chegando?

A Infracommerce tem Centros de Distribuição espalhados pelo país e trabalhamos com mais de 20 transportadoras para diversos tipos de entregas, desde as mais rápidas até as capazes de entregar grandes e pequenos volumes. Essa capilarização ajuda a atender os consumidores mais distantes. Centralizamos os produtos em um ponto focal e desse ponto distribuímos os produtos.

Demetrios Santos: No caso de revista temos dificuldades com a venda de produtos que não conseguem chegar ao ponto de venda. Consumidores nesta situação poderiam receber a revista por e-commerce?

Sim! Mesmo que seja necessário redespacho, quem vai cobrir o custo é a transportadora contratada. As 20 transportadoras são complementares em relação ao serviço que prestam à Infracommerce. Se você vai fazer isso sozinho, você terá que fazer via Correios, que são mais caros e tem um pós-venda difícil, com período de 30 a 45 dias com retorno. Ter apenas uma transportadora é como colocar todos os ovos em uma cesta só: essa cesta pode cair…

Demetrios Santos: Editores tem problemas para vender produtos que não sejam editoriais. Como o marketplace pode ajudar nisso? Seria possível uma revista de jardinagem, por exemplo, vender produtos que tenham relação com esse universo de jardinagem através de marketplace?

É uma possibilidade. Pode se conectar com marketplaces mais famosos, pode usar o espaço para vender produtos associados, pode criar um marketplace unindo marcas e isso passar a ser um marketplace referência no mundo, oferecendo tanto revistas quando produtos associados. O investimento é menor porque você não precisa comprar as makitas e jarros pra vender e pode usar seu tráfego para vender. Quando falamos de revistas de viagens, por exemplo, o céu é o limite. Dá para vender um pouco de tudo!

O Café com ANER é um encontro exclusivo para associados e convidados da Associação. A iniciativa faz parte de um projeto de modernização da instituição, que está abrindo as portas para troca de conhecimento entre seus associados.

Para saber como fazer parte destes e de outros eventos exclusivos, visite nosso site ou entre em contato.

 

Selecionamos outros textos para você