Até julho, Ed. Globo publicará revistas na versão digital

MEIO&MENSAGEM – 31/03/2020

Exceção é a revista Época, cuja edição impressa continua circulando normalmente; medida vale para Autoesporte, Casa e Jardim, Crescer, Época Negócios, Globo Rural e PEGN.

Com o objetivo de adequar a linha de produção e sua dinâmica de entregas nesse período de quarentena e isolamento social, a Editora Globo promove algumas mudanças em relação aos seus títulos. Até o mês de julho, suas publicações mensais deixarão de sair no formato impresso e ficarão disponíveis somente nas plataformas digitais.

A medida vale para as revistas Autoesporte, Casa e Jardim, Crescer, Época Negócios, Globo Rural e Pequenas Empresas, Grandes Negócios (PEGN). A revista Época, de periodicidade mensal, manterá sua circulação impressa normalmente.

Em nota, a editora diz que a decisão foi tomada considerando que a pandemia leva à necessária diminuição do fluxo de funcionários nas gráficas e à prudente restrição de circulação de pessoas e de veículos – inclusive os que fazem a distribuição das publicações.

As mudanças também afetam a revista Marie Claire, que continuará tendo sua edição impressa publicada, porém em periodicidade bimestral. A publicação unirá as edições de maio/junho e de julho/agosto.

Os assinantes de qualquer um dos títulos da Editora Globo passam também a ter acesso ao conteúdo das demais revistas pelo aplicativo Globo Mais, que reúne as publicações da empresa e, também, o conteúdo do jornal O Globo.

Selecionamos outros textos para você