Abramark ingressa em nova fase para seguir trilha das boas práticas

PROPMARK – 07/06/2021

Neusa Spaulucci

O ambiente e o mundo dos negócios passaram por radical transformação e a instituição, segundo seu presidente, renasce para acompanhar o setor.

A Abramark (Academia Brasileira de Marketing) ingressa em uma nova fase este mês, a começar pelo novo portal, que apresenta informações institucionais e perfis dos empresários e executivos que integram a instituição e seu Hall da Fama, além de entrevistas, opinião e produções especiais da comunidade de negócios do Brasil.

“Quando a Abramark foi criada, em março de 2004, os maiores desafios para os profissionais de marketing ainda diziam respeito às décadas anteriores, na medida em que o digital engatinhava. Naquele momento, a maior preocupação da Academia era a de provocar um processo de profunda reflexão no sentido de garantir ao Brasil acesso às práticas de um marketing de excepcional qualidade, cobrando de todos os profissionais um comportamento ético irrepreensível”, declara Francisco Madia, acadêmico e presidente da Abramark, sobre a nova etapa em que entra a entidade.

“Quando a Abramark decolou, ainda vivíamos os derradeiros anos do marketing exclusivamente analógico. De lá para cá, o ambiente e o mundo de negócios passaram por sua mais radical transformação de todos os tempos. E a Academia Brasileira de Marketing reformula-se, repensa-se e praticamente renasce para seguir orientando todas as empresas brasileiras no caminho do sucesso e da sustentabilidade”, relata Francisco Madia, acadêmico e presidente da Abramark.

Ele lembra ainda que com a exposição maior do chamado marketing político, e com o comportamento condenável de parte dos profissionais que decidiram migrar para essa especialização, “existia o risco da péssima imagem que começava a se formar em função de práticas deletérias, contaminar a ideologia da administração moderna, segundo seu criador e patrono da Academia, Peter Ferdinand Drucker”.

“Por essa razão, muito rapidamente, a Abramark passou a cobrar de todos os profissionais que se declaravam especialistas e trabalhadores do marketing, que fizessem a sua adesão irrestrita ao commitment adotado pela Abramark, e para todos os que atuam nesse território”, revela o acadêmico.

Madia enumera as grandes mudanças promovidas no portal da entidade. A primeira novidade é uma integração maior entre acadêmicos e halloffamers. E a possibilidade de um relacionamento maior e mais intenso entre eles e todos os que seguem a Abramark. A segunda, conforme o executivo, é a incorporação da plataforma “inteligemcia”, com M mesmo, ao portal, que se converte no Mural da Academia, cujos seguidores do marketing deverão encontrar as informações mais relevantes sobre business – tendências, ameaças, benchmarks, oportunidades e cases.

Ele fala também da terceira perspectiva e possibilidade de um contato maior entre jovens profissionais e empreendedores do país com muitas das pessoas que seguem, admiram, e se referenciam – acadêmicos e halloffamers.

Como sempre, Madia se mostra otimista com o futuro da Academia e do setor. Aproveita ainda e cutuca líderes para que aproveitem as oportunidades que o país oferece. “A maior perspectiva da Abramark para este e os próximos anos, considerando a monumental oportunidade que o tsunami tecnológico oferece e traz, é de contribuir para que o Brasil volte-se para o futuro, deixe de perder tempo olhando para os lados – direita e esquerda – e aproveite esta década para realizar todas as reformas e se organizar para ser, de verdade, um dos dez países mais importantes do mundo, em todos os sentidos”, comenta.

Para ele, a principal missão da Academia é o legado que os acadêmicos pretendem deixar para as próximas gerações. “Um país sobre todos os aspectos muito melhor e socialmente mais justo do que o que encontraram”, dispara Madia.

A Abramark nasceu há 20 anos com a intenção de defender e disseminar as melhores práticas do marketing ético, moderno e de qualidade.

Selecionamos outros textos para você