Abraji registra 174 casos de bloqueios de jornalistas por autoridades brasileiras no Twitter

LATAM JOURNALISM REVIEW – 24/03/2021

Marina Estarque

Um político, que ocupe um importante cargo público, pode bloquear um jornalista nas redes sociais? Esse é um debate que, para a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), é urgente no país. A entidade identificou ao menos 174 casos de bloqueios de jornalistas por autoridades brasileiras no Twitter entre 2014 e 2021, em levantamento recente.

A restrição de acesso a perfis de políticos com cargos públicos, como o presidente, ministros, deputados e senadores, afeta a 88 jornalistas no país (uma mesma pessoa pode ser bloqueada por várias autoridades). Dentre os casos avaliados, o presidente Jair Bolsonaro é o campeão de bloqueios: são 50.

Leia aqui a íntegra. 

 

Selecionamos outros textos para você