A morte da redação significa o fim do jornalismo como o conhecemos

PRESS GAZETTE – 14/04/2021

Chris Blackhurst 

A redação é muito mais do que cobrir a ocorrência de desastre terrorista ou alguma tempestade política. É sobre um zumbido, uma química intangível, um cheiro inebriante, de pessoas, jovens e velhos, se estimulando, compartilhando ideias e pistas, pedaços de informação e sim, fofocando e rindo. É o equivalente para a mídia do vestiário do futebol. É onde “isso” acontece.

Leia aqui

Selecionamos outros textos para você