35 anos da Aner: uma história de conquistas e defesa dos interesses no mercado de revistas

16 de dezembro de 2021

Fundada em 16 de dezembro de 1986, a Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner) é uma entidade nacional, sem fins lucrativos, que representa as editoras de revistas. A Aner foi criada com o objetivo de promover e defender os interesses comuns do mercado de revistas, nas áreas editorial e comercial, nos seus mais diversos segmentos, tanto em impressão como em mídia eletrônica.

Criação veio no período de abertura após a ditadura militar

A Associação nasceu no raiar do processo de abertura política. O Brasil saía de uma ditadura militar e os traumas causados pela censura e retaliações ainda estavam bem vivos nos editores. A Constituição precisaria ainda de mais dois anos para ser criada.

A inspiração de Roberto Civitta para criar a Aner, veio de outras iniciativas que já despontavam internacionalmente e, também, no Brasil. Segundo o livro História Revista, publicado em 2011 pela Aner, o movimento foi inspirado pela Fédération Internacional de la Presse Périodique (FIPP), criada em 1925, e pela Magazine Publisher Association (MPA), dos Estados Unidos, que exercia função semelhante desde 1919. No Brasil, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ), já forneciam suporte a outros meios de comunicação e ao setor jornalístico como um todo.

Capa da publicação História Revista, que marcou os 25 anos da Aner

“Mas o momento decisivo para a fundação da ANER ocorreu numa reunião oficial realizada em 16 de dezembro de 1986, sob organização de Thomaz Souto Corrêa, durante a qual as principais editoras do país fundaram a primeira associação em defesa de seus interesses. Estavam presentes neste primeiro momento, junto a Roberto Civita, representante da Editora Abril, Oscar Bloch Siegelmann, José Roberto Sgarbi, Hélio Paulo Gonçalves, Luiz Fernando Levy, Mauro Guimarães, João Roberto Marinho, Charlotte Seddig Jorge e Paulo Augusto de Almeida. Eles representavam, respectivamente, as editoras Bloch, Carta Editorial, EBID — Páginas Amarelas, Gazeta Mercantil, Jornal do Brasil, Rio Gráfica (antiga Editora Globo), Sigla e Editora Três”, cita a publicação.

Associação tem característica de forte atuação política

Desde cedo a Aner se empenhou em combater as intervenções do governo no funcionamento das editoras de revistas e em suas publicações, ou seja, defender a liberdade de expressão, editorial e comercial. Outra preocupação é romper as barreiras de infraestrutura e organização de produção das revistas, além da distribuição, que na época era feita pelos Correios.

Roberto Civita no primeiro exemplar da Em Revista, 2002

Roberto Civita foi eleito presidente da associação pelo primeiro conselho administrativo, enquanto Murillo de Aragão assumiu a vice-presidência executiva da entidade. A associação à FIPP trouxe trocas de informações e permitiu, em 2001, a organização do 33o Congresso Mundial de Revistas pela Aner, ao lado de sua irmã argentina, a AAER. O evento sediado parte em Buenos Aires, parte no Rio de Janeiro foi pioneiro ao sair do eixo Europa-Estados Unidos-Japão pela primeira vez na história.

Entre crises mundiais, a criação de uma nova Constituição e da Lei de Imprensa e as crises políticas brasileiras, a Aner sempre esteve liderando o meio revista. A localização da sede em Brasília colaborou para o acompanhamento das questões políticas mais tocantes ao mercado editorial e permitiu que a Aner criasse contatos com as lideranças partidárias para expor os interesses das empresas associadas. Hoje, ainda, o trabalho é realizado pela Associação, com empenho e olhos atentos do presidente Rafael Soriano.

Campanha para estimular a formação de leitores nas escolas

Sempre dedicada a criar eventos, seminários, fóruns de discussão, campanhas e premiações, a Aner segue realizando atividades importantes para os publishers e, com as mudanças promovidas pelas novidade tecnológicas e a chegada dos meios digitais, está se empenhando para aumentar a troca de informações entre seus associados. Nem mesmo a pandemia de Covid-19 foi suficiente para interromper os trabalhos. Durante o ano de 2021, a Associação promoveu encontros por videoconferência, webinars, cursos e treinamentos com o apoio de instituições internacionais e, para o próximo ano, já estuda a possibilidade de criar formas alternativas de intercâmbio de conhecimentos.

Conheça a missão da Aner

Contribuir para a difusão do hábito de leitura.

Promover a vitalidade editorial, cultural e econômica do meio revista, atuando junto aos segmentos institucionais e corporativos.

Defender a liberdade de escrever e publicar revistas impressas ou em mídia eletrônica, de acordo com a Constituição Brasileira.

Promover a união e a representação dos editores de revistas advogando em sua defesa e na defesa da indústria que lhes dá suporte.

Ser a força de conhecimento, informação e experiência junto a seus associados e a comunidade em geral.

Defender e promover a defesa da liberdade comercial incrementando a venda de publicidade.

 

E você? Quer saber como se associar? Clique aqui e mande um e-mail para aner@aner.org.br

Selecionamos outros textos para você