Conferência aborda diversidade no jornalismo

LATAM JOURNALISM REVIEW – 22/03/2021

Centro Knight anuncia programa e palestrantes da Primeira Conferência Latino-americana sobre Diversidade no Jornalismo.

A Primeira Conferência Latino-americana sobre Diversidade no Jornalismo terá 19 palestrantes da América Latina e dos Estados Unidos em quatro sessões temáticas e duas mesas especiais (uma na abertura e outra no encerramento), nos dias 26 e 27 de março de 2021, anunciou o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas.

Patrocinado pela Google News Initiative, o evento do Centro Knight será totalmente online e gratuito, mas é necessário uma inscrição prévia neste site. Quem assistir às quatro sessões temáticas principais pode receber gratuitamente um certificado de participação.

A conferência, pioneira em seu tipo, será aberta com duas apresentações especiais. Jamile Santana, gerente de jornalismo da Énois Conteúdo, Brasil, vai falar sobre um programa de promoção da diversidade no jornalismo em seu país e sobre a criação de uma metodologia para determinar o nível de diversidade de uma redação. Ruthy Muñoz, jornalista colaboradora do Skift e do palabraNAHJ nos Estados Unidos, vai discutir a longa história de luta dos jornalistas americanos pela diversidade na imprensa.

Em seguida, o evento terá quatro painéis temáticos principais. Na sexta-feira, 26 de março, os painéis vão ser sobre Gênero e Orientação Sexual. Os dois painéis principais no sábado vão ser sobre questões raciais e étnicas e sobre deficiência.

Na sessão especial de encerramento, no sábado, 27 de março, a jornalista argentina Liza Gross, vice-presidente de mudanças de práticas da Solution Journalism Network, dos Estados Unidos, se reunirá com o diretor e fundador do Centro Knight, professor Rosental Alves, e com a jornalista Mariana Alvarado, para uma discussão com os participantes sobre os principais temas abordados durante os dois dias de conferência.

Saiba mais aqui.

Selecionamos outros textos para você