NOTA À IMPRENSA

nota-a-imprensa-715x180

Associações de jornalismo repudiaram nesta terça-feira (13) o ataque verbal sofrido pela jornalista Míriam Leitão, colunista do jornal O Globo e da Globonews, por parte de delegados do PT durante um voo, de Brasília para o Rio de Janeiro, da companhia Avianca. Segundo a jornalista, ela foi ameaçada, xingada e chamada de “terrorista” durante a viagem por cerca de 20 pessoas. Em nota conjunta, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) destacaram que atitudes como essas refletem autoritarismo, intolerância e desconhecimento do papel da imprensa – o de informar a sociedade sobre assuntos de interesse público. “A ABERT, a ANER e a ANJ esperam que episódios como este sejam sempre apurados e evitados, para que prevaleçam os princípios da convivência democrática”, salientaram as entidades por meio do comunicado.

Selecionamos outros textos para você