ANER lamenta ataque à revista francesa

capa-chebdo-novosite

Primeira edição após o ataque, lançada pouco mais de uma semana depois do incidente

A ANER – Associação Nacional de Editores de Revistas lamenta profundamente o ataque à sede da revista francesa Charlie Hebdo, ocorrido nesta quarta-feira, 7. O ato vitimou ao menos 12 profissionais e deixou mais de 20 feridos.

Além das perdas humanas, este atentado inaceitável atinge também a liberdade de expressão e de imprensa, pilares fundamentais para sociedades democráticas ao redor do mundo.

A ANER expressa condolências aos familiares das vítimas e solidariedade a todo povo francês neste momento difícil.

Frederic Kachar
Presidente da ANER

Selecionamos outros textos para você