Presidente da ANER participa de debate sobre o “Direito ao esquecimento”

No próximo dia 27 de novembro, na XXIII Conferência Nacional da Advocacia Brasileira, o presidente da ANER, Fábio Petrossi Gallo, será um dos debatedores do painel “Direito ao esquecimento”, que será mediado pelo presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ) Marcelo Rech, e contará com a participação do colunista Carlos Andreazza, e do advogado Gustavo Binenbojm.

Confirmed: Troy Young, Global President, Hearst Digital Media

Criado pela FIPP ( rede para mídia global) e a VDZ ( Associação para Editores Alemães) , o Digital Innovators ‘Summit (DIS) em Berlim é o evento anual para as empresas de mídia do mundo todo. Em seu 11º ano, DIS é a plataforma essencial para mídia de qualidade para compartilhar idéias e inovações. A pré-agenda com desconto para participar está disponível até 30 de novembro.

“O mercado unido é mais forte”

A ANER inicou uma campanha para captação de novos associados. Com o slogan “o mercado unido é mais forte” o objetivo é trazer novas editoras para colaborar em nossas comissões e trazer novas vozes para compor as nossas ações.

A ANER NA FIPP 2017

O Presidente da ANER Fábio Petrossi Gallo, a Diretora Executiva da ANER, Maria Celia Furtado e Walter Longo – Presidente do Grupo Abril, participaram da FIPP 2017 em Londres – um congresso mundial com a participação de mais de 800 profissionais estratégicos de 40 mercados de todas as partes do mundo

Nota à imprensa do Deputado Aureo (Solidariedade-RJ)

Nota à imprensa Com relação à apresentação da emenda que determina a suspensão de publicações anônimas em redes sociais, gostaria de esclarecer que minha intenção foi de impedir que os ataques de perfis falsos de criminosos pudessem prejudicar o resultado …

NOTA À IMPRENSA

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) classificaram como censura a emenda à reforma política que permite que candidatos solicitem a remoção de conteúdo considerado “discurso de ódio, disseminação de informações falsas ou ofensa” feito nas redes sociais.

Google encerra política do clique grátis

“Vimos muitas mudanças acontecendo no mercado nos últimos anos, com os consumidores cada vez mais se abrindo para pagar por conteúdo de alta qualidade. Queremos ajudar nesse processo”, diz Richard Gingras, diretor do Google News.